Hudson Sander

Criar seu atalho



BuscaPT.com - Directório de sites em Português



Point dos Amores

Portugal e outros paises ja podem adquirir os produtos do Point dos Amores

clique aqui e saiba como


Personalidade e caracteristicas dos consultores bem sucedidos - Artigos de Evolucao Pessoal escrito pelas melhores autoridades no assunto

Escrito por John La Valle Traduzido por JVF

Saudações a você que vem acompanhando o trabalho do POINT DOS AMORES e com a sua participação e interesse contribui para o crescimento do POINT. Nesta coluna de artigos, o POINT DOS AMORES prepara você para o dia a dia, oferecendo-lhe informações das mais privilegiadas para a sua evolução pessoal, escrito por quem realmente faz e acontece.

Seja bem vindo (a) e uma excelente leitura.

 

Point dos Amores, a arena da nova geração de sedutores

 

 

Tendo retornado recentemente de um treinamento para Trainers em Londres, eu pensei que seria uma boa ideia responder aqui, por escrito, sobre uma das questões, que muitas vezes, as pessoas têm me perguntado.

A pergunta que me fazem é: "O que torna um consultor bem-sucedido?" Bem, eu aproveitei essa pergunta e a ampliei lateralmente para incluir "o trainer, o professor, o gerente, etc. "e para cima, para incluir "o empresário, etc.," porque para mim, seja o que for que você esteja fazendo profissionalmente, isso o ajuda a se colocar na posição, ou no papel, de "consultor" em certas ocasiões, lugares ou outros contextos.

Com base na minha experiência com muitas pessoas de diferentes profissões, aqueles que são os mais bem-sucedidos têm ou fazem as seguintes coisas:

Eles são guiados – não apenas pela ambição – são guiados pelas suas paixões, suas capacidades, seus objetivos. Eles se conhecem tão bem que não precisam se explicar para os outros. O comportamento deles "diz" tudo.

Eles são contagiantes – esta característica contagia uma sala, contagia tudo que se encontra no ambiente deles. Alguns chamam isso de carisma, outros de energia. Não importa o nome que você dá a isso, você sabe o que é porque não apenas experimentou, mas porque você também tem.

Eles são apaixonados por tudo que fazem, realmente apaixonados. Mesmo quando são obrigados a "vender" alguma coisa. Eles nem precisam porque a paixão deles transborda sobre os que os estão ouvindo e/ou presentes. E a maior parte das pessoas quer ter sucesso.

Eles sabem aquilo que eu venho dizendo há muitos anos –"Ninguém é bom em tudo, mas todos são bons em alguma coisa". Eles sabem em que são bons, e crescem com base nisto. Sabem no que não são bons e quando estas possibilidades se apresentam, as deixam passar ou as passam para alguém. Eles conhecem o nicho deles e aí desenvolveram sua própria "especialização".

Eles não têm medo do trabalho duro – na realidade, não é que eles não tenham medo, eles não identificam isso com a paixão deles – para eles não é trabalho, é a vida deles, é o que eles adoram fazer. Durante muitos anos eu disse para as pessoas: "faça o que você gosta e você nunca irá trabalhar outro dia na sua vida." E ao mesmo tempo, para eles, é parte disso trabalhar 24 horas nos 7 dias da semana. Isso também não significa que não disponham de tempo livre fora da "carreira" deles, mas tem sempre aquela pulguinha no inconsciente deles que os mantêm no caminho.

Eles sabem que cometer erros faz parte da tomada de decisão. Eles não esperam a perfeição, mas sim esperam a otimização. Ao mesmo tempo, também mantêm altas expectativas para com eles mesmos e para os outros, mas sabem como equilibrar tudo isso em direção ao sucesso.

Eles sabem como dizer "eu não sei" com confiança.

Eles estão aprendendo continuamente – não apenas com seminários, livros, vídeos, etc., mas também das experiências que estão tendo. São observadores sensíveis do seu meio e podem calibrar bem as intervenções e os resultados dessas intervenções, sejam deles ou de mais alguém, independente de quão sutis sejam.

Eles têm moral e valores sólidos, e seu comportamento é consistente. Eles não desistem. Podem mudar de ideia, mas só depois de considerar muito cuidadosamente a nova informação.

Eles mantêm as coisas simples – a sua comunicação, as suas estratégias; tudo o que for possível é mantido simples, mas não à custa do desperdício de recursos, de uma forma mais adequada, eles mantêm as coisas muito precisas.

Eles são honestos e percebem a desonestidade e estão preparados para ela. Eles têm um saudável ceticismo do ambiente de negócios no qual operam e têm estratégias para avaliar as oportunidades.

Quanto do acima você honestamente tem e/ou faz? Felicidades na consultoria, ou em qualquer coisa que você faz.

John La Valle é Master Trainer Licenciado de PNL e DHE. É co-autor junto com Richard Bandler do livro Engenharia da Persuasão.

O artigo acima foi traduzido do original "Traits & Characteristics of Sucessful Consultants" do sitewww.selfgrowth.com

Tradução JVF, direitos da tradução reservados.

Leia outros Artigos de Cientificos


Novidades do Point dos Amores