Hudson Sander

Criar seu atalho



BuscaPT.com - Directório de sites em Português



Point dos Amores

Portugal e outros paises ja podem adquirir os produtos do Point dos Amores

clique aqui e saiba como




Analise extrafisica da homossexualidade

Dr. Hudson Sander

Escrito por Hudson Sander

Saudações a você meu amigo, minha amiga leitora, a você admirador do trabalho que vem nos acompanhando desde 2010 e com a sua participação e interesse contribui consideravelmente para o crescimento do Point dos Amores. Todos os artigos do Point dos Amores tem por finalidade agregar valores e incentivar as pessoas independentemente do nivel de escolaridade e de classe social a se tornarem auto pesquisadoras do comportamento humano e assim buscar o auto aperfeiçoamento.


Nossos artigos trazendo sempre uma sintese dos diversos assuntos do comportamento humano das areas da ciencia, psicologia, parapsicologia, metafisica, fisica quantica e espiritualidade propicia ao leitor um aprendizado rápido de temas que a principio parecem complexos, mas com o estilo de linguagem de Hudson Sander a explicação e a pratica tornam-se coisas de simples entendimento.


Seja bem vindo(a) e uma excelente leitura.

Point dos Amores



Este artigo terá como foco a abordagem do fenômeno da homossexualidade dentro dos parâmetros e construções da ciência da conscienciologia conjuntamente com estudos dos mais variados acerca da evolução humana da visão das múltiplas existências.

Se você está esperando que este artigo apresente argumentos contrários ou a favor da homossexualidade, feche a aba ou a janela de seu navegador porque a leitura será improdutiva.

Caso deseje que este artigo apresente argumentos políticos ou jurídicos que fundamentem a liberação ou repressão da prática do homossexualismo, sinto desapontá-lo, pois este artigo esboçará uma sucinta relação do fenômeno da homossexualidade com o funcionamento da existência humana como um todo.

Muitos apenas se limitam a tão somente aceitar ou recriminar o fenômeno da homossexualidade sem ao menos estuda-lo. Alguns, por conformismo preferem apontar a homossexualidade como doença, outros como desnível de conduta e alguns como abominação suscetível de grande punição divina.

A homossexualidade é fato, ela existe, ela está no cotidiano da sociedade do século XXI, e apenas rotulá-la como teoria ou conduta religiosa desviante é desejar mudar um carro de lugar apenas escrevendo em um papel que ele deveria estar no lado oposto e não fazer os procedimentos de girar a chave na ignição e manobrar o veiculo para o lado que se deseja coloca-lo.

Este artigo analisará o fenômeno da homossexualidade dentro do prisma multi-existencial, dentro das abordagens de múltiplas vidas da consciência e apresentar argumentos plausíveis e compreensíveis do porque cada vez mais pessoas norteiam suas experiências sexuais pelas diretrizes da homossexualidade.

Certamente após a leitura deste artigo você dificilmente se sentirá incomodado com o assunto homossexualidade e entenderá o porque se é heterossexual e o porque se é homossexual, bem como até o porque de inclinações bissexuais.

Se você já leu outros artigos de minha autoria como “Multiexistencialismo nos relacionamentos afetivos” e “O maior segredo de todos os tempos sobre o sexo” entenderá com mais facilidade o que será abordado neste artigo. No entanto para não ser demasiado repetitivo, sugere-se que o amigo leitor, a amiga leitora na primeira oportunidade leia tais artigos para expandir a compreensão do que será resumidamente colocado a seguir.

O inicio de toda a criação deu-se quando a grande Consciência Cósmica se desdobrou em duas partes, uma macro consciência dotada de pura energia masculina e uma macro consciência dotada de energia feminina. Da combinação e misturas destas duas energias surgiram todas as formas de vida complexas existentes no Universo.

Quando chegou-se a hora de organizar o projeto de evolução da vida no planeta Terra, algumas linhas gerais foram traçadas, tal como o processo de uma consciência se manifestar múltiplas vezes na terceira dimensão ou plano físico da matéria em época e corpos diferentes com a finalidade de vivenciar experiências diversas para evolução e maturidade da consciência.

Uma das regras principais deste processo evolutivo é que a cada nova descida da consciência no plano físico, há uma amnésia ou esquecimento proposital que é provocado na consciência a fim de que ela se desenvolva e aprenda com facilidade os elementos da nova época, assim a adaptação fica mais suave.

No decorrer da vida é possível se desfazer deste bloqueio e ter acesso a lembranças de outras manifestações da consciência em outras épocas, mas isto é tema para autoridades no assunto como Wagner Alegretti e muitos outros especialistas.

A segunda regra evolutiva é que a consciência tem que evoluir com maestria dentro das duas polaridades energéticas da natureza, ou seja, dentro do masculino e dentro do feminino. O que isto quer dizer, que todo ser humano encarnado dentro do plano tridimensional em outras existências inevitavelmente já encarnou no sexo oposto.

Se você hoje está em um corpo masculino, certamente muitas vezes nos tempos passados já estivesse encarnado em um corpo feminino. O mesmo é válido se você hoje está em um corpo feminino, certamente muitas vezes nos tempos passados já estivesse encarnada em um corpo masculino.

E toda a chave de compreensão do fenômeno da homossexualidade está no que foi dito acima, e antes de prosseguir é necessário preliminarmente que você saiba que se você se sente confortável em seu corpo masculino ou em seu corpo feminino e manifesta de forma indubitável sua heterossexualidade, é porque você certamente já passara pelo período de estagio na evolução no que diz respeito ao gênero, isto é, depois de muitas experiências em gêneros opostos o conselho de consciências responsáveis pela sua evolução individual permite que você evolua dentro do gênero que você tem mais facilidade.

O autor deste artigo, depois de várias experiências externas consideradas paranormais, conseguiu indícios de que há mais de 3.000 anos vem encarnando em corpos do gênero masculino. Mas é válido ressaltar que, como bem coloca Wagner Alegretti em sua obra Retrocognições, o estudo de nossas vidas passadas deve ser feito como um arqueólogo escavando artefatos, com grande paciência e com uma pinça, jamais com bombas e picaretas.

Também é necessário que você tome conhecimento de que desde o século XV de nossa era, ou seja, desde o tempo das grandes navegações há um fluxo cada vez mais crescente de consciências que chegam ao plano físico da terceira dimensão para evoluírem. Portanto, em pleno século XXI, há muitas consciências novatas no plano físico evoluindo.

O crescimento acelerado da população mundial, que hoje, ano de 2014 d.C já ultrapassou os 7 bilhões de seres humanos encarnados no plano físico da terceira dimensão não é ao acaso, é devido ao fato da necessidade de muitas consciências evoluírem nesta reta final de ciclo.

O que acontece com a vida humana no planeta Terra pode ser comparada a uma faculdade que ficou um longo período de greve e quando se aproxima o final do ano letivo os professores juntam turmas e aumentam o ritmo das aulas para cumprirem o cronograma antes do encerramento do bimestre.

E no momento presente há consciências maturas que estão encerrando seus ciclos bem como consciências novatas que estão começando o seu ciclo de mortes e nascimentos na roda da vida no plano físico da terceira dimensão. Todas coexistindo nesta caótica e surpreendente realidade percebida pelos nossos sentidos.

Quando nos deparamos com uma pessoa que manifesta a sua opção homossexual, com 99,9% de certeza, esta consciência está em processo de aprendizagem evolutiva dos gêneros, e devido a falta de adaptação desta consciência ao veiculo físico seus corpos internos (o corpo mental/mentalsoma e o corpo vital/ ernegossoma ou holochacra) começam um esforço sobre humano para modelar o seu corpo físico à natureza interna que é a forte tendência seja da energia masculina ou feminina.

Razão pela qual vê-se muitas mulheres lésbicas com corpos físicos semelhantes a corpos físicos masculinos e muitos homens classificados como travestis com corpos físicos semelhantes a corpos físicos femininos. Tudo é um auto processo inconsciente de modelação do corpo físico para que ele se harmonize com os corpos internos mental e energético.

Uma observação, o corpo emocional, psicossoma ou corpo astral depois dos cinco anos de idade assume características iguais a do corpo físico. Antes, isto é, dos 0 aos 4 anos 11 meses e 29 dias o corpo astral da criança tem a mesma aparência do corpo físico da ultima vida ou manifestação da consciência.

A experimentação de múltiplas existências em corpos de gêneros opostos é necessária para o processo de evolução da consciência, e quando a pessoa demonstra inconformismo ou não adaptabilidade é certo de que após a dessoma, ou morte física, bem como após o período intermissivo – período o qual a consciência se prepara para a nova encarnação – regressará novamente em corpos físicos do ultimo gênero até a adaptação da consciência a energia do gênero renegado por ela, a menos que o conselho responsável por projetar e acompanhar o desenvolvimento da consciência opte por equilibrar a balança permitindo que a consciência regresse fazendo uso do corpo físico do gênero no qual fica melhor adaptada.

De forma alguma deve-se recriminar ou perseguir as consciências encarnadas que manifestam a opção homossexual, pois elas são consciências novatas no processo evolutivo e a manifestação de tal opção sexual é transitória, ou seja, é um período onde que a consciência está buscando se encontrar dentro do contexto evolutivo.

As consciências maduras ou veteranas já superaram esta fase de adaptação. Muitas mulheres firmemente resolvidas em sua sexualidade já conseguiram a benesse de terminar o seu processo evolutivo no planeta Terra evoluindo na polaridade feminina, razão pela qual não se é inteligente condenar as mulheres lésbicas que estão iniciando o seu ciclo evolutivo no planeta Terra.

Da mesma forma homens firmemente resolvidos em sua sexualidade já conseguiram a benesse de terminar seu processo evolutivo no planeta Terra evoluindo na polaridade masculina, razão pela qual não se é inteligente condenar os homens gays e travestis que estão iniciando o seu ciclo evolutivo no planeta Terra.

Dentro da manifestação homossexual há vários níveis perceptíveis. Há as consciências que manifestam esporadicamente sua homossexualidade mesmo expressando na maior parte do tempo sua heterossexualidade. Há as consciências que manifestam habitualmente sua homossexualidade sem envolvimento heterossexual. Bem como há as consciências que além de manifestar sua homossexualidade se vestem e enfatizam os seus gestos e atos dentro do contexto homossexual.

Cada um desses níveis esconde traços que dão indícios da idade evolutiva daquela consciência. Quando diz-se idade, não se fala em números, como 23 anos, 40 anos e sim infância evolutiva, adolescência evolutiva, adulto evolutivo ou maturidade evolutiva.

Aqueles que são os bissexuais, esporádicos ou habituais, ou seja, aqueles que manifestam a sua homossexualidade bem como a sua heterossexualidade estão na adolescência evolutiva da consciência, período existencial onde a consciência tem esparsas lembranças captadas de sua holomemória (parte da consciência onde tem o registro de todas as vidas e ações passadas) e busca reviver sensações passadas ao mesmo tempo que se desenvolve dentro da polaridade atual.

A adolescência comum é a fase onde o individuo vive conflitos e vivencia experiências para discernir o certo individual do errado individual. Na fase evolutiva os bissexuais estão vivenciando a era de transição para se concluir em qual polaridade a consciência se manifestará em seus últimos ciclos no planeta Terra.

Os homossexuais comuns e discretos estão na transição da infância evolutiva para a adolescência evolutiva, pois como a necessidade de manifestar na matéria em gêneros diferentes ainda é novidade, preferem manifestar o que já estão habituados em seus ciclos evolutivos do que se aventurar pelo desconhecido.

Os homossexuais mais abertos, como os travestis e as lésbicas com traços fortemente masculinos são consciências no inicio da infância evolutiva, ou seja, ficou durante muitas existências encarnando em uma polaridade de gênero e quando foi convidado pela primeira vez ou vidas próximas à primeira a encarnar na polaridade diferente sentem a violência do choque de corpo físico e ficam sem parâmetros de como desenvolver a evolução.

É semelhante a um capitão de embarcações que passou longo período dirigindo, vamos por assim dizer vários navios, grandes, pequenos, médios e de repente é colocado para pilotar um avião.

O capitão do navio certamente sentirá um desconforto descomunal, pois o veiculo possui regras de comando completamente diferentes e a experiência do ar é completamente diferente da experiência da agua.

Daí o capitão terá muitas oportunidades de aprender a pilotar o avião e depois que ele desenvolver a maestria de pilotar o avião, ele poderá escolher se deseja continuar pilotando o avião até a aposentadoria ou se deseja retornar ao navio e conduzir o navio até a aposentadoria.

Os homossexuais desta fase da descrição podem ser compreendidos como os primeiros segundos do capitão do navio dentro do avião em pleno voo.

O modelo atual de sociedade é arcaico, doentio, primitivo e depreciativo. Por mais que se tenha computadores, carros equipados, tablets e celulares, a condição do ser humano no momento atual quando comparada com a condição de ser de outros humanos de outras épocas, chega-se a ter vergonha porque hoje o ser humano dito moderno é demasiadamente egoísta, é demasiado fútil e sem conteúdo e tem pouco ou nenhum contato com a natureza, é altamente dependente isto quando não é escravo da tecnologia sendo que era para a tecnologia ser submissa ao desenvolvimento humano e não o ser humano ser submisso ao desenvolvimento da tecnologia.

Com este declínio no estilo de vida do ser humano moderno, alguns buscam se enganarem nas mais variadas religiões que existem, porque em todas elas fala da necessidade de se viver em harmonia com o todo, mas o que se vê é um festival de egos desfilando e manipulando as pessoas onde que as mesmas concluem que por estar na religião A ou B são superiores aos demais.

Outros se deixam levar por vícios e não produzem nada de valor. Muitos não se entregam ao vício e nem faz nada. Por fim, atitudes de desenvolver um povo como se teve no passado já não existe mais. Atitudes por conhecer o desconhecido é muito pequena, é quase 10 mil pessoas para cada um milhão. As demais se conformam em viver uma vida vazia de conceitos e ideias que transcendem o corpo físico.

Chegou-se a um estágio onde muitos tem a um pedaço de papel como o seu Deus Supremo onde prestam sacrifícios diários a seu deus e muitos devotam as suas vidas a este deus pedaço de papel.

É um ledo engano achar-se que estamos em uma era de avanços, o ser humano está caminhando na “marcha a ré” de sua evolução – a maioria. O que deveria ser o foco da sociedade moderna é a evolução dos atributos do ser e não a subserviência à tecnologia.

Umas das provas inequívocas de que a sociedade está caminhando na direção contrária à sua evolução é a constatação do tempo precioso que muitos setores da sociedade dedicam de forma inútil a discutir sobre a homossexualidade. Governos, setores da indústria, pessoas comuns perdem um tempo precioso debatendo a validade ou não da prática homossexual sendo que independentemente do resultado do debate o homossexual não deixará de ser homossexual porque a lei proíbe.

Uma coisa é ter atos públicos de atentado ao pudor e imorais outra coisa é interferir de forma forçosa no processo de evolução do ser.

A sociedade atual dita moderna tinha que ter a maturidade de concluir o seguinte acerca da homossexualidade “nenhum heterossexual constrangerá um homossexual da mesma forma que nenhum homossexual constrangerá um heterossexual”.

Pelas regras universais cósmicas, inevitavelmente o homossexual de hoje será o heterossexual responsável e conservador de existências futuras pela razão de que o sexo ele não é a finalidade em si, muito pelo contrário, ele é um mecanismo de evolução energética que a consciência possui.

Devido ao grande fluxo imigratório que aconteceu nas dimensões mais sutis no século XIV de nossa era onde muitas consciências chegaram para evoluir no ciclo de mortes e renascimentos do planeta Terra, muitas consciências iniciaram a pouco tempo suas experiências em um planeta onde se encontram muitas consciências veteranas com mais de 5.000 anos terrestres vivendo no processo de mortes e renascimentos na terceira dimensão.

Ou seja, é habitual constatar que as consciências veteranas dentro de seu processo natural de amnésia existencial fiquem confusas e atormentadas de verem outras consciências novatas em processos de aprendizagem diferentes do que se está habituado a ver.

E como dito anteriormente, devido ao declínio do ser humano moderno enquanto consciência evolucionária muitos preferem explicar o fenômeno de forma arcaica e primitiva, sem analisar a realidade cósmica do porque é permitido, usando termos religiosos do cristianismo, que pessoas com manifestações homossexuais existam. Se a pessoa acredita que um Ser Absoluto criou tudo, sabe de tudo, que é onisciente e onipresente tem de acreditar que este Ser também zela pelas pessoas de opção homossexual.

Pode parecer confuso demais para uma pessoa de mentalidade muito conservadora, mas é fato que toda consciência que está encarnada no momento presente no plano físico e tenha a opção homossexual possui um grupo de consciências extrafísicas que estão cuidadosamente gerindo a existência física dela de forma que a pessoa possa extrair o máximo de aprendizado de sua sobrevivência. Algumas culturas chamam estas consciências extrafísicas de anjos, mentores e etc.

O autor deste artigo não sabe responder qual é a razão de existir da homossexualidade, mas o que é possível concluir é que se ela existe é porque ela tem alguma função cósmica no desenvolvimento da consciência, isto é o que faz possível conjecturar que a homossexualidade é parte do amadurecimento de uma consciência, e tomando por base todas as linhas que foram expostas neste artigo bem como as mais variadas fontes de literatura que serviram de fundamentação para tais linhas, a homossexualidade não é um fenômeno perceptível em consciências que já vivenciam a bastante tempo a roda de samsara ou ciclo de mortes e nascimentos, e muito comum em consciências que ainda estão na fase de aprendizagem dos mecanismos energéticos dos corpos masculino e feminino.

Todo esforço atual em mudar a pessoa com opção homossexual é inútil da mesma forma que se esforçar para mudar uma pessoa com opção heterossexual é inútil, pois estas classificações são indicativos do nível evolutivo da consciência quanto às suas experiências no manuseio das energias masculina e feminina.

Isto é, aquele que manifesta uma convicta e sólida opção heterossexual não tem duvida, interesse e nem curiosidade porque já superou a adolescência existencial, já sabe intuitivamente o estágio evolutivo em que se encontra e busca extrair o máximo de experiência e aprendizado da dinâmica heterossexual até o dia em que a consciência em manifestações futuras se sentirá confortável para viver em mosteiros dedicando-se a assuntos espirituais tão somente.

Muitos sustentam que as pessoas que manifestam uma opção homossexual vão para o inferno e que não tem salvação e assim só pioram a evolução da consciência de opção homossexual.

O que pouquíssimas pessoas sabem que da alegoria religiosa de céu e inferno, na verdade há 09 dimensões ou planos dimensionais superiores que pode-se chamar de céus e há 09 dimensões ou planos dimensionais inferiores que pode-se chamar de infernos. Ou seja, há 09 céus e 09 infernos. Cada céu, vamos assim falar das dimensões é formado por uma densidade e intensidade de vibração de certo tipo de energia.

Quanto mais pura é a vibração dos sentimentos de paz e amor maior é o alcance da consciência da percepção dos planos dimensionais superiores, e quanto mais poluída é a vibração dos sentimentos toscos maior é o alcance da consciência da percepção dos planos dimensionais inferiores.

A dimensão de mais fácil percepção é a 05ª e comumente as consciências encarnadas no plano físico visitam a 05ª dimensão superior e 05ª dimensão inferior quando dormem e os seus respectivos corpos emocionais/astrais/psicossoma adentram neste plano. O fator determinante são as ultimas vibrações da pessoa antes de adormecer, caso ela vibre sentimentos toscos ela visitará a 05ª dimensão inferior, e suas experiências são conhecidas como pesadelos. Mas quando a pessoa vibra sentimentos e pensamentos elevados ela experimentará experiências produtivas na 05ª dimensão superior.

Mas antes de cada novo nascimento no plano físico a consciência passa uma temporada na dimensão a qual corresponde ao conjunto de vibrações dos pensamentos, sentimentos e PRINCIPALMENTE AÇÕES realizadas durante o período de vida física para se aprimorar. Algumas religiões intuitivamente dão o nome de purgatório a estas dimensões inferiores.

Depois de um período é que a consciência começa a se preparar para voltar ao plano físico para uma nova experiência.

Razão pela qual é um erro grotesco apontar que uma pessoa descerá ao inferno apenas pela sua opção homossexual, da mesma forma que nós heterossexuais não temos garantias de nada pelo fato de gostar do sexo oposto seria imbecilidade firmar que a pessoa descerá ao inferno pela sua opção homossexual, o ciclo existencial e evolutivo não se resume só a isto.

Neste artigo foi abordado dentro da perspectiva evolutiva da conscienciologia, conjuntamente com outras assertivas do estudo das múltiplas vidas de uma consciência o fenômeno da homossexualidade.

Foi apresentado que a experiência homossexual faz parte de um período de aprendizado de uma consciência dentro do seu ciclo existencial que se encontra no processo de desenvolvimento e aperfeiçoamento do uso das energias masculina e feminina.

Foi colocado que a opção heterossexual é fruto de um amadurecimento existencial de múltiplas existências onde que a pessoa não sente duvida ou curiosidade por já ter se firmado na polaridade que mais lhe facilita seu processo evolutivo.

Não há razões para temer e tampouco perseguir as pessoas de opção homossexual, pois cada consciência tem direito de buscar a sua evolução existencial e o que se considera certo ou errado nada mais é que o nível evolutivo real ou aparente em que a consciência que profere o “julgamento de valor” se encontra.

Por fim, o sexo pode ser comparado a uma faca, pois a faca pode ser usada para passar manteiga no pão ou para tirar a vida de uma pessoa; o sexo funciona dentro da mesma dinâmica você pode usá-lo para elevar-se e fortalecer os seus veículos de manifestação da consciência e assim experimentar experiências nas dimensões superiores ou usá-lo para debilitar os seus veículos de manifestação da consciência e deteriorar-se nas dimensões inferiores. Por fim a homossexualidade e a heterossexualidade não é sequer a “ponta do iceberg” existencial do ser humano há muita coisa para ser pensada, refletida e entendida.

Artigos de Hudson Sander

O espiritualista moderno | O subconsciente e os relacionamentos afetivos | Sim é possivel libertar-se do carma pela meditação | Energia, consciencia e relacionamentos | Alerta sobre os riscos da inversao de papeis durante o sexo | Analise extrafisica da homossexualidade | O maior segredo de todos os tempos sobre o sexo | Porque as pessoas sao infelizes ao viver a felicidade | Multi existencialismo nos relacionamentos afetivos | Leitura da reencarnacao dentro dos relacionamentos afetivos | Dia a dia no relacionamento a dois: realidade vs. ilusao | A realidade social dos relacionamentos | Conteudo proibido sobre sexo explicito | Você está realmente preparado para amar? | Verdades ocultas sobre o mundo da sedução n.3 | Verdades ocultas sobre o mundo da sedução n.2 | Verdades ocultas sobre o mundo da sedução n.1 | Segundos fatais: quando seduzir se torna um crime de morte | Segredos para seduzir intensamente sua namorada | Segredos para seduzir intensamente seu namorado | Relacionamentos doentios | Que tal se desfazer dos seus medos do passado? | Prostituicao mental | Porque é tão facil homens enganar mulheres | Porque é mais fácil ainda mulheres enganar homens | Parceiros que mentem | Os perigos da carência | Os benefícios da vida a dois | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.7 | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.6 | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.5 | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.4 | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.3 | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.2 | Os 7 pecados capitais do amor: pecado n.1 | O que você precisa saber sobre os triangulos amorosos | O que todo homem deveria saber sobre a beleza feminina | O que os homens escondem das mulheres ao fazer sexo | O que as mulheres escondem dos homens ao fazer sexo | No mundo há pessoas e pessoas | Instinto selvagem: mulheres irresistívelmente sedutoras n.3 | Instinto selvagem: mulheres irresistívelmente sedutoras n.2 | Instinto selvagem: mulheres irresistívelmente sedutoras n.1 | Desvende a mente de uma namorada que trai | Desvende a mente de um namorado que trai | Descubra se você realmente sabe fazer sexo da forma devida | Dê uma chance ao amor | Como são os seus relacionamentos | Como fazer amizades sinceras | Amor bandido: seus prazeres e seus perigos | A mente sedutora e o dominio da vontade | A lei da atração e os seus riscos no jogo da sedução | A importância de uma boa escolha | Feminilidade e poder | Não tenha fracassos adquira experiencias | Mantenha a relação em alta | Controlando as emoções | Porque as pessoas se autosubestimam | Desprenda-se da crença dos erros e acertos | Descubra agora o seu maior inimigo no amor | Construa a sua felicidade começando hoje | Voce ama de fato ou so em pensamento? | Os prejuizos de não saber da sua importancia para os outros | Algumas dicas para voce usar a sua importancia no meio a seu favor | A importancia da dor na sua caminhada rumo a felicidade | Relacionamentos e relacionamentos | Livre para reiniciar a caminhada | Direcione a força do amor | A incrivel magica das visualizações | Enganos do coração e como acordar a tempo | Cuidado para não entrar na oficina do diabo | Cuidado com o espelho do seu futuro | As armadilhas do ego |

Novidades do Point dos Amores